Buscar
  • Pedro Neto

Roteiros Históricos Internacionais e Nada Clichês



Conhecer novos locais internacionais é incrível né? São sempre muitos elementos que nunca vimos e não existem aqui no Brasil. Desde os incríveis museus de Londres, Nova Iorque, Moscou e Tóquio ao Louvre em Paris... Mas você já teve a sensação de não haver mais nenhum lugar realmente inovador para se divertir e ainda ter uma boa dose de história?


Se sim, a equipe da XPORT Jr. organizou este artigo aqui, com alguns roteiros históricos internacionais nada clichês, para que então você possa ter algumas novas ideias para sua próxima viagem. Só lembre, desde já, que para realizar toda e qualquer viagem internacional é necessário retirar documentos como vistos e o seu passaporte. Por isso, entre em contato conosco para saber como podemos te ajudar nesse processo. Mas, fique agora com os 4 principais roteiros históricos internacionais e nada clichês.


Guachimontones – México


Se você é da galera que gosta de América Latina e de coisas históricas, já deve ter aprendido bastante sobre os Incas, Maias e Astecas, certo? Machu Picchu já te enjoou? Então por que não conhecer os Guachimontones lá na América do Norte?


Localizados em um parque arqueológico no estado de Jalisco, no centro do México, são grandes cumes de terra com curvas de nível no topo. A graça? Tudo foi construído por povos americanos pré-colombianos muito mais antigos que os Astecas, antes mesmo do calendário cristão ser iniciado!


Como a maioria dos roteiros históricos internacionais, ainda existem muitos mistérios sobre a forma de vida dos Teuchitlán, a estratégia de construção e mesmo as questões antropológicas que motivaram tamanho empenho para construí-los: dentro deles, existem grandes tocas, as quais ainda contém diversos acessórios, corpos, utensílios cotidianos e outros registros de suas vidas. Tudo isso deixa o passeio mais propenso a explorações e experiências genuínas ao conhecer o parque!


Vale citar aqui que todo esse roteiro histórico é reconhecido e tombado como patrimônio mundial da UNESCO, sendo um pedaço de terra amplamente estudado e extremamente rico em questões culturais e históricas.


Além disso, pela localização geográfica, é possível ainda viajar para o centro do estado e aproveitar todas as atrações culturais de lá (essas você já deve conhecer e adora né?!). Desde presenciar a festa do Dia dos Mortos, ouvir os famosos Mariachis e experimentar a Tequila mexicana! Partiu?


Xunquim – China


Tá bem, se não se interessou pelo roteiro histórico anterior e você acha construções ameríndias muito sem graças, temos mais uma opção: que tal viajar para o outro lado do mundo e conhecer a cidade de Xunquim lá na China? Mas não deixe se levar pelo nome: não existe estereótipo asiático que exprime a quantidade de história que existe nessa cidade (e em nenhuma outra, sejamos francos) …


Para começar, a cidade foi fundada pelo povo Ba, mais ou menos quando os Guachimontones foram construídos lá no México: antes da Era Comum! E, desde lá, houveram diversas cooperações com o passar do tempo na própria história da China e da região, principalmente depois do século XIX.


E, se você achou que teria que ir para Berlim para ver os resquícios da guerra, saca só: poucos sabem, mas Xunquim foi base dos aliados durante a Segunda Guerra Mundial, quando se tornou a capital provisória do país. Depois disso, ainda funcionou como centro antifascista por muitos anos, em conjunto com Washington e outras cidades globais.


Falando nisso, lá é a cidade mais populosa do mundo, sabia? Caso o roteiro em monumentos históricos não te agrade, existem mais de 30 milhões de pessoas para você bater um papo! O problema é que vai ter que ser tudo em mandarim, mas até lá dá pra aprender um pouquinho, não é?


Meknes – Marrocos


Se você é do tipo que gostava quando os vilões eram mandados para as masmorras nas histórias de contos de fadas, com certeza vai se interessar por esse próximo roteiro histórico internacional: Meknes, localizada no norte da África, comporta uma das maiores masmorras que o planeta já viu (Qara).


A título de curiosidade, essa grande prisão subterrânea foi criada por volta do século XVII e, por muito tempo, foi utilizada para armazenar alimentos e enjaular prisioneiros dos califados. Segundo o Departamento Marroquino Nacional de Turismo, a masmorra se estende subterraneamente por sete quilômetros, que encarceraram até 60.000 pessoas!


Mas não somente de prisões é formada Meknes! A cidade também abriga diversas mesquitas, palácios e museus: todos reunindo muita cultura e história das dinastias dos antigos sultões, como o Moulay Ismail, cuja morada, composta por ampla e complexa infraestrutura, ainda está de pé mesmo depois de 300 anos de sua construção!


Rothenburg Ob Der Tauber – Alemanha


Também separamos aqui um roteiro histórico que parece vindo de um conto de fadas: a cidadezinha alemã de Rothenburg parece parada no tempo desde a Era Medieval. Sem exageros, o lugar tem um muro quase intacto desde a época feudal!


Como um local preservado, existem diversas tradições mantidas durante todo o ano, como a feira natalina de Reitlersmakt: onde é possível aproveitar dos melhores produtos relacionados ao natal em um estilo bem antigo.


Além das ruas em estilo medieval, ainda existe o Burggarten, um grande jardim que se debruça por parte da cidade, com grande variedade de flores e outras espécies nativas da região.


A XPORT Jr.


E aí? Já conseguiu ter alguma ideia de onde vai viajar no ano que vem? Seja para esses roteiros históricos ou qualquer outro destino para fora do país, como dito anteriormente, é certo que você vai precisar de seu passaporte ou de um visto, não é?


Nós, da Xport Jr. Consultoria e Suporte Internacional, podemos ajudá-lo com isso! É possível tirar todas as suas dúvidas sobre nossos serviços gratuitamente clicando aqui. Nossa equipe está pronta para te ajudar!

22 visualizações0 comentário