Buscar
  • Pedro Neto

Os 5 maiores desafios da tradução de um texto

Atualizado: Set 18



Pesquisar e trabalhar com textos em outros idiomas pode ser frustrante, principalmente quando precisamos estudar todo o conteúdo. É necessário enfrentar uma série de desafios quando não temos uma versão disponível em um bom e claro português.


Pensando nisso, separamos para você um breve compilado dos 5 maiores desafios em lidar com textos em idiomas estrangeiros (com exemplos práticos), que te ajudarão a entender melhor essas dificuldades:


5. Falsos cognatos


O primeiro dos desafios é lidar com essas palavras, também conhecidas como “falsos amigos”. Tratam-se de termos que são muito parecidos com alguma palavra em português, mas têm um significado totalmente distinto.


Os falsos cognatos são particularmente perigosos pois, sem perceber, nos tiram do contexto e assunto abordado. A tradução certamente é afetada, já que automaticamente nos remetem a um sentido falso e diferente do que o texto quer nos sugerir.


Por exemplo, em inglês temos a palavra pretent, que nos traz a cabeça a palavra “pretender”. Porém, na verdade, significa fingir. Imagine só a confusão causada na sua linha de raciocínio durante a leitura?


Nesses casos, é preciso ser um pouco próximo da língua, evitando que haja mal entendidos todas as vezes em que termos similares aparecerem no texto. Entretanto, com o auxílio de um dicionário (ou do Google) é possível obter uma tradução aceitável, o que deixa esse desafio na quinta posição!


4. Palavras com duplo sentido


Outra armadilha frequente ao manejar textos em línguas estrangeiras são as palavras com mais de um sentido, o que coloca o leitor em dilema com grande frequência. Basicamente, faz com que o texto fique confuso e pouco assertivo.


É muito comum que, em outros idiomas, exista apenas uma palavra polissêmica, que corresponda a outras várias em português. Logo, ao ler diretamente, nos deparamos com vários dilemas, como “Qual é a tradução correta?” ou “Devo entender com qual dos sentidos?”.


Nesse caso, a palavra über em alemão pode servir de exemplo: pode ter a tradução de “acima” em “A lei está acima de todos”; “Sobre” em “A pesquisa é sobre borboletas”; Ou até “Em/No/Na/Nos/Nas”, indicando localização, como em “Ela está na rua”;


Esse desafio está na quarta posição pois, apesar de poder ser resolvido caso a caso com um dicionário, gera muitas vezes uma tradução imprecisa, sobretudo quando usa-se o Google Tradutor ou alguma outra ferramenta automática.


3. Construções particulares da língua


Os outros idiomas também têm construções muito particulares, que não nos remetem a nenhum significado mesmo quando conhecemos cada termo separadamente. Logicamente, isso é mais comum em certos tipos textuais, como relatos informais, mas são inevitáveis mesmo em textos científicos ou técnicos.


Não somente as coloquialidades, mas também o próprio modo de se expressar no idioma podem ser confusos, nos dando uma impressão totalmente estranha. Mesmo com o auxílio da internet, a tradução literal é bem aquém do real sentido empregado.


Por exemplo, a expressão volverse do espanhol na frase “Yo me he vuelto confuso”. “Voltei confuso” é uma interpretação possível para nós, falantes de português. Porém, a tradução correta seria “Fiquei confuso”, algo bem diferente do que foi suposto anteriormente.


Esse desafio está no top 3 porque não costuma ser de fácil entendimento para quem não tem contato constante com ambas as línguas envolvidas. Logo, torna-se necessária a ajuda de um especialista em ambas as línguas, que analise a frase com um pouco mais de cautela.


2. Ordem das palavras


Em segundo lugar, temos a ordem das palavras que, dependendo do idioma, podem gerar um verdadeiro nó na mente de quem lê, já que cada idioma segue uma lógica própria de ajustar as palavras e relacioná-las.


Então, é comum ler uma frase totalmente embaralhada ao traduzir ao pé da letra. Um exemplo seria a tradução literal “Eu e eu mãe quer ir meio país viajar” da frase em chinês 我和我吗想去中国旅游, que na verdade significa “Eu e minha mãe queremos viajar para a China”. Que confusão!


Esse desafio é especialmente difícil pois, sem uma imersão cotidiana no dialeto, não é possível compreender o sentido, nem mesmo com a ajuda de um tradutor automático. Nesses casos, o texto tem seu entendimento totalmente distorcido e deve ser reformulado para que seja possível entendê-lo.


1. Traduções mal feitas


Não é à toa que as traduções mal feitas estão no primeiro lugar de nosso ranking: de fato, o maior desafio ao compreender um texto em uma língua estrangeira é decifrar todas as distorções que ocorreram antes do texto chegar até você.


Já entrou em um site, o configurou para a língua portuguesa e se deparou com diversas páginas que não faziam absolutamente nenhum sentido? Infelizmente, isso é resultado de um texto que foi traduzido por profissionais pouco qualificados ou apenas por tradutores automáticos.


Isso ocorre com grande frequência em textos acadêmicos, cujas traduções acontecem de forma independente e não sincronizada. Assim, a tradução não é precisa, muito menos assertiva.


Imagine só a distorção causada a um texto teórico, portanto abstrato, escrito por um cientista em francês, que foi adaptado para o inglês e, posteriormente, traduzido para o português por uma ferramenta automática. Quanta informação foi perdida no processo?


Logo, é nítida a importância de traduções bem feitas, levando em conta a profundidade do texto, casos específicos do idioma e até mesmo o assunto abordado. Caso contrário, por que ler um texto mal escrito e confuso, se não é possível entendê-lo bem?


Nós, da XPORT Jr., podemos te ajudar! Fazemos traduções de diversos idiomas em textos dos mais variados formatos, dos acadêmicos e científicos aos cardápios e afins!


Clique aqui para enviar uma mensagem à nossa equipe ou marcar uma reunião gratuita para tirar todas as suas dúvidas! O processo pode ser feito de forma 100% online, de maneira prática, rápida e segura!

77 visualizações
contato.xportjr@gmail.com
Rodovia BR 465, Km 7 - ICHS, UFRRJ, Seropédica
CNPJ: 20.994.947/0001-72
  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn