Buscar
  • Victor Pontes

A Influência Do Frango Brasileiro Frente a Demanda Internacional



Você sabia que o Brasil é o maior exportador de carne de frango do mundo e que ele é o 3º maior produtor da ave? De acordo com a Confederação Nacional de Agricultura (CNA) parte desse sucesso vem do Brasil possuir uma temperatura ideal para a criação da ave, com um clima subtropical, assim o frango cresce de forma ideal. Além disso, com base em estudos da Universidade de Wageningen, o fato de que muitos desses animais crescem em terrenos abertos, onde possui uma melhor ventilação e iluminação para a saúde do animal. Assim, para além de limitar o uso de antibióticos para compensar a falta de saúde das aves, o próprio ambiente aberto cria uma cadeia de produção fortemente integrada e que assegura uma segurança biológica em cada etapa da criação, onde o uso de antibióticos é estritamente regulado.


Para mais, de acordo com a CNA, através do Brazilian Farmers, cerca de 70% das exportações brasileiras de frangos vem de pequenos produtores de frangos. Ademais, as aves brasileiras, não apenas possuem condições ideais, mas também elas são as mais vendidas no mercado, assim como estamos no top 3 de maiores criadores, como o mercado que continua a se fortalecer e a expandir ainda mais a influência do frango brasileiro ao resto do mundo. Segue abaixo aos dados:


Receita e Produção Total Em Toneladas


De acordo ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), a receita adquirida com as vendas do mês de junho alcançou US$ 650,6 milhões, desempenho 45,7% maior em relação à mesmo período de 2020, com US$ 446,5 milhões. Esse valor é extremamente expressivo quando considerados os resultados de 2020, que, apesar de terem crescido em quantidade exportada, haviam caído um total de 13% nos primeiros 10 meses do ano, atingindo US$ 5.066 bilhões, enquanto neste mesmo período, de 2019, havíamos faturado um total de US$ 5.820 bilhões. Desse modo, o valor de nossa carne não apenas se recuperou, em 2021, como ele está crescendo mais do que os valores de 2019, evidenciando para além de uma recuperação, um ambiente de euforia e boas expectativas.

Já em toneladas, o total das exportações no primeiro semestre de 2021, em vendas internacionais, chegaram a 2,244 milhões de toneladas, volume 6,53% maior quando comparado ao fechamento dos seis primeiros meses de 2020, com 2,106 milhões de toneladas.


A Origem E O Destino Da Nossa Carne


Entre os principais destinos das exportações em junho, destacam-se a China (o nosso principal importador) com 56,5 mil toneladas importadas (-0,3% em relação ao mesmo período de 2020); os Emirados Árabes Unidos, com 30,1 mil toneladas (+76,1%), o Japão, com 36,1 mil toneladas (+12,8%), a África do Sul, com 27,7 mil toneladas (+38,9%), a União Europeia, com 18,2 mil toneladas (+61,6%) e o México, com 16,2 mil toneladas (+624,1%).

Paralelamente, entre os estados de origem, o Paraná tornou-se o principal exportador, onde embarcou, em junho, 143,2 mil toneladas (+4,82% em relação ao mesmo período de 2020), tendo em seguida, Santa Catarina exportou 92,6 mil toneladas (+29,15%) e o Rio Grande do Sul em terceiro lugar, que embarcou 64,2 mil toneladas (+24,99%). Como observado, um crescimento considerável em todos os Estados listados.


“Houve uma alta generalizada entre os principais importadores da carne de frango do Brasil, o que se refletiu no bom desempenho das exportações de junho. Ao mesmo tempo, também ocorreu uma notável elevação nos preços internacionais, resultado da elevação das exportações para mercados importadores de produtos com maior preço médio, assim como do inevitável repasse de custos gerados pela alta dos custos de produção que hoje impacta a avicultura brasileira”, afirma Ricardo Santin, presidente da ABPA.


A Importância Do Mercado Sul-Coreano


O Brasil já possui a posição de principal fornecedor externo de carne de frango para a Coreia do Sul, representando cerca de 80% de tudo ligado as carnes avícolas. Em volume, isto representa um total de 127,4 mil toneladas de produtos avícolas brasileiros, em 2020, gerando receita total de US$ 196,6 milhões. Para mais, a Coreia do Sul é a 8° maior importadora de carne de frango do Brasil, perdendo para países como a China, México, África do Sul e outros.


Investimento Em Marketing Internacional


Os exportadores de aves e de suínos colocaram em prática grande campanha publicitária, até o dia 28 de julho deste ano, na Coreia do Sul, que busca realçar atributos das carnes de aves e de suínos made in Brazil. De acordo com informações divulgadas pela Embaixada Brasileira em Seul, esta é a maior ação de imagem já realizada para produtos brasileiros no mercado sul-coreano, tendo um total de 362 telas espalhadas pelas 17 mais movimentadas estações de metrô e terminais de ônibus da capital sul-coreana, além do impulsionamento em redes sociais, como no Facebook e Instagram, e os aparecimentos, de forma indireta, em dramas coreanos (conhecido também como doramas).


Para quem quiser saber mais sobre a necessidade do marketing na globalização da sua marca, é só acessar nosso artigo clicando aqui e entender que o marketing demostra importância para a inserção do produto, não havendo fuga nem para as galinhas.


Como a X Pode Ajudar?


A XPORT Jr. Consultoria e Suporte Internacional oferece serviços de excelência há 10 anos, executando serviços como a Análise de Mercado Internacional, que auxilia as empresas, na decisão de quais países são preferíveis a inserção de determinados produtos, formando uma análise detalhada do mercado em que busca ser inserido.


Caso tenha interesse em exportar o produto citado ou até mesmo outro, ou ainda, se quiser saber mais sobre nossos serviços, clique aqui e entre em contato conosco.

55 visualizações0 comentário