Buscar
  • Vitória Santos

Exportação de Produtos de Festa Junina.

Atualizado: Mar 13



A festa de São João, popularmente conhecida como Festa Junina, é a segunda maior data comemorativa brasileira, ficando logo após do carnaval. A mesma comemorada entre os dias 14 à 29 de junho teve sua origem na Europa pagã e desta forma, acabou por ser trazida pelos portugueses durante o período colonial brasileiro. Sua comemoração está ligada à comemoração dos dias de alguns santos católicos: Santo Antônio, 04 de junho; São João, 24 de junho e São Pedro 29 de junho.

Entretanto, a Festa de São João, ou Festa Junina como é popularmente chamada, não é comemorada somente no mês de junho como também tem sua comemoração estendida, por grande parte da população, para os meses de julho e por muitas vezes até agosto.

Tendo isto em vista, é importante destacar que tal comemoração possui importância não só no Brasil, como em Portugal, país origem da comemoração. Contudo é importante destacar que tal importância ocorre não somente nestes países mas, de certa forma, em todo o mundo, uma vez que a presença de brasileiros em diversos países do globo é considerável e expressiva.

Os Produtos de Festa Junina mais conhecidos no Brasil e no mundo

Inúmeros são os produtos relacionados e altamente comercializados durante esta data festiva, sendo os doces os principais produtos. Alguns deles são: paçoca, pé de moleque, pé de moça, cocada e muitos outros. Esta comercialização, por muitas vezes, ultrapassa a territorialidade nacional.

Estudos do TradeMap apontam que produtos como paçoca e pé de moleque apresentaram maior índice de exportação 2018 para os Estados Unidos (8.835 milhões de dólares) e logo em seguida, Portugal (4.422 milhões de dólares), podendo se estabelecer uma relação direta entre a exportação destes produtos para os lugares referenciados devido ao grande número de brasileiros tanto em Portugal quanto nos Estados Unidos.

Mais do que isso, não somente produtos alimentícios tem exportação expressiva, como também as bebidas populares nessa festa típica, à exemplo da cachaça, também são visados no mercado internacional. A cachaça, por exemplo, é um dos produtos mais exportados e forte identificador da cultura brasileira, além de apresentar índice crescente de mais de 15% nos últimos dois anos, segundo estudo recentes.

O que é o “mercado da saudade”?

O denominado “mercado da saudade” nada mais é do que a exportação e comercialização de produtos brasileiros em outros países tendo como público alvos os brasileiros imigrantes. Clique aqui para saber mais sobre esse ramo.

Tal mercado é extremamente vantajoso uma vez que uma grande parte dos produtos brasileiros não é comercializado fora do país da mesma forma como em território nacional, fazendo com que imigrantes brasileiros tenham enorme dificuldade de os encontrar.

Qual seria a relação entre o “mercado da saudade” e os produtos mais comuns nas festas juninas?

Apesar de os produtos de São João serem produzidos e comercializados fortemente durante os meses de Junho e Julho, eles também são consumidos, de forma geral, por brasileiros durante o decorrer de todo o ano, com a exceção em produtos decorativos.

Sendo assim, sua relação com o “mercado da saudade” é extremamente intrínseca, uma vez que teria como principal público alvo brasileiros que não moram no Brasil e ainda desejam comemorar a data com os produtos típicos relacionados à mesma.

Porém mais do que isso, a comercialização de produtos conhecidos como de São João fora do Brasil, apesar da exportação consideravelmente expressiva dos mesmos, não é tão comum pelo próprio mercado interno, uma vez que o mesmo muita das vezes não produz a maioria destes produtos.

Como a exportação desses produtos pode ser explorada?

Como grande parte dos países do globo não possuem produção interna de produtos popularmente relacionados à Festa Junina, a exportação seria um processo extremamente vantajoso e, portanto, digno de ser explorado.

É importante que empresas que produzem os referidos produtos saibam quais os países que mais os consomem não somente ao longo das festividades como também ao longo de todo ano, de modo a visar o melhor mercado consumidor possível. Tal levantamento pode ser feito ao levar em conta os países do globo que mais contam com imigrantes brasileiros, dado à relação entre estas pessoas e o consumo do produto.

Além disso, um forte marketing pode ser vital para o sucesso na exportação, de modo a alcançar o mercado de forma ampla, visando não somente imigrantes brasileiros como também outros nichos potenciais da população como por exemplo, as crianças.

Porém, o segredo para uma exportação bem sucedida é justamente o planejamento prévio, conjuntamente com um estudo específico e qualificado do mercado que possibilite a escolha do melhor destino. Além da compreensão de todo o processo de exportação, desde tratamentos altamente burocráticos, impostos até adequações a serem realizadas nos produtos, caso necessário, e como obter vantagens sobre a concorrência.

Tem uma empresa que apresente em seu catálogo produtos que se encaixam no popularmente conhecido mercado de São João e tem desejo de expandir ainda mais os seus negócios e exportar? Entretanto não sabe por onde iniciar o processo ou tem receio de possíveis erros?

A XPORT Jr Consultoria e Suporte Internacional te auxilia e torna este processo menos burocrático e mais cômodo para você, diminuindo as possibilidades de erros e lhe garantindo uma exportação bem-sucedida e com menor índice de equívocos, além de lhe garantir status internacional. Entre em contato conosco e saiba mais como podemos te auxiliar.


26 visualizações
contato.xportjr@gmail.com
Rodovia BR 465, Km 7 - ICHS, UFRRJ, Seropédica
CNPJ: 20.994.947/0001-72
  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn