Buscar
  • Vitória Santos

Exportação para Pequenas Empresas – É possível?

Atualizado: há 4 dias



É mais do que comum o pensamento premeditado de que a exportação é um passo que deve ser somente tomado por grandes empresas. Entretanto é de suma importância a compreensão de que pequenas empresas podem e devem tomar esse importante passo.

Por mais que seja corriqueiro pensar que micro e pequenas empresas são aconselhadas a não realizarem a exportação, tal afirmação é equivocada. Isso porque a mesma além de trazer prestígio para a empresa, ainda traz uma possível solução em casos de crise.

Se é possível, por que muitas empresas acreditam que não são capazes de exportar?

Estudos realizados pela Sebrae, no fim de 2017, apontam que as exportação de micro e pequenas empresas aumentou mais do que 5% de 2011 a 2016, chegando a ser responsável por 38% do total de empresas exportadoras brasileiras. Além disso, o valor exportado tende a crescer para as mesmas, fato esse que, para especialistas, não é uma tendência para grandes empresas.


Mesmo com a apresentação de dados como os anteriores, estas empresas possuem um maior receio de se aventurar na exportação. Muita das vezes, isto está relacionado ao fato de que as mesmas possuem pouco ou nenhum conhecimento acerca do mesmo. Com isso, ao procurar maiores informações na internet sobre como realizá-la acabam por se assustar com a grande quantidade de dados e concluírem serem incapazes.

Principais vantagens obtidas com a exportação

Obtendo-se então o conhecimento de que a possibilidade de exportar é real e tão verdadeira quanto para grandes empresas, abre-se o questionamento das vantagens obtidas com a mesma. Isso porque ainda que seja possível, envolve gastos, como qualquer outro investimento e, sendo assim, devem-se obter benefícios que sejam de fato expressivos.


Uma primeira vantagem, dentre as variadas, está o maior prestígio nacional que a mesma gera sobre o produto e a empresa. Tal fato ocorre porque uma vez que se sabe que o produto a ser comprado ou consumido é exportado para um ou mais países, isso gera uma maior notabilidade.


A notabilidade gerada pelo motivo citado acima gera, por sua vez, a segunda vantagem a ser destacada: segurança. O produto passa a ser adquirido e/ou consumido pelo comprador com uma maior segurança, devido ao fato de que poucos produtos de real qualidade realmente têm autorização e sucesso ao exportar visto as mais variadas instâncias burocráticas que envolvem o processo.


Outra vantagem obtida com a exportação que merece notoriedade é a diversificação do mercado de micro e pequenas empresas. A diversificação do mercado é de extrema importância para esse tipo de empresas, uma vez que, em grande parte, são altamente ligados ao mercado nacional e, muita das vezes, apenas regional ou local. Ao diversifica-lo, a empresa obtém uma maior estabilidade.


Por fim, uma última vantagem entre as muitas, é a inovação gerada pelo processo. Outras empresas do mesmo ramo, ou até de ramos similares, passam a ter para si que a empresa que realiza a exportação é uma empresa inovadora. Tal conclusão está relacionada à decisão de investir em algo novo e promissor.


Além disso, a experiência da exportação expande os horizontes dos envolvidos no processo, a trazer os mais vastos conhecimentos não só sobre as informações necessárias para a realização do mesmo, mas para além. Envolve o conhecimento sobre a cultura,

idioma, costumes e outros dados sobre o país escolhido para a exportação.


Com a exposição de algumas vantagens, conclui-se que a exportação traz os mais variados benefícios para o negócio de micro e pequenas empresas, não somente relacionado a lucros, como se costuma acreditar, mas em todos os aspectos possíveis.

Sabendo-se das vantagens, por onde começar?

Como já dito anteriormente, muitos empresários costumam temer o processo ao procurar na internet sobre como fazê-lo e por onde começar. Isso porque envolve várias etapas e uma notória série de burocracia para que tudo ocorra da melhor maneira possível para o exportador.


Com isso, é importante ter em mente que o processo envolve um certo nível de planejamento, tanto financeiro, como qualquer investimento necessita, e da própria equipe responsável pelo mesmo.


Além disso, a exportação não envolve a escolha de um país de livre escolha para a inserção dos produtos. É de extrema necessidade que ocorram estudos e análises que proporcionem entender o mercado internacional e que apontem qual seria o melhor destino para o determinado produto. Isso é necessário porque, embora os países funcionem por vezes de maneira semelhante, são singulares e apresentam inúmeras peculiaridades as quais precisam ser levadas em conta neste caso.


Tendo isso em vista, o auxílio de empresas especializadas em realizar tais estudos e todos as informações necessárias para a exportação é um passo que auxilia de maneira expressiva este processo. Ao contratá-las, as mesmas ficam responsáveis por levantar dados, avaliar a viabilidade, catalogar os principais e melhores destinos para os produtos, explicação de como todo o processo deve ocorrer, pequenos detalhes a se atentar e todas as outras necessidades.


A XPORT Jr. Consultoria e Suporte Internacional é uma das empresas no mercado que oferece e é capaz de auxiliar a empresa que desejar exportar a realizar e entender o procedimento da melhor maneira possível e de modo confiável. Apontando e explicando os melhores destinos de acordo com a empresa e todo o trâmite burocrático responsável por causar certo temor aos empresários.


Portanto, fica-se claro que a exportação é um investimento válido para qualquer empresa, basta se ter o planejamento e direcionamento corretos, além da vontade de inovar e quebrar barreiras.

Ficou interessado? Percebeu que o procedimento também é válido para a sua empresa? Entre em contato conosco aqui e saiba como podemos auxiliá-lo!

#exportação #planejamentodeexpotação #exportaçãopequenasempresas #comoexportar

102 visualizações
contato.xportjr@gmail.com
Rodovia BR 465, Km 7 - ICHS, UFRRJ, Seropédica
CNPJ: 20.994.947/0001-72
  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn